Quinta, 17 de Junho de 2021 04:56
67 99698-9354
15°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,06

Euro

R$ 6,08

Peso Arg.

R$ 0,05

Mato Grosso do Sul Lockdown

Estado adia início de decreto de lockdown por 48h

A partir de domingo (13) todos os municípios do Estado deverão aderir às novas regras

10/06/2021 21h27
1.194
Por: Redação
Estado adia início de decreto de lockdown por 48h
O governo de Mato Grosso do Sul atendeu ao pedido dos municípios e adiou em 48h o início das restrições previstas no decreto publicado nesta quinta-feira (10), para tentar conter o avanço da covid-19 no pior momento da pandemia no Estado. A partir de domingo (13) todos os municípios do Estado deverão aderir as novas regras. Até então as cidades que não fossem adotar as recomendações poderiam apresentar as "justificativas técnicas" para o descumprimento perante a Secretaria de Estado de Saúde.
Com o adiamento, continua valendo a classificação do mapa de risco para infecções de covid-19 em Mato Grosso do Sul, que foi divulgado pelo comitê gestor do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia), na terça-feira (07). Nessa situação Rio Brilhante contínua em bandeira vermelha.
O adiamento foi acordado nesta noite (10) entre o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende e Assomassul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). “Demos 48h para os municípios se adequarem as novas regras e a vinculação (dos municípios), agora será obrigatória”, disse o secretário após reunião com a entidade.
Os municípios do interior e a Capital pediram mais tempo para se adequar as regras e também por conta do Dia dos Namorados, um dos períodos do ano com maior número de vendas no comércio.
A partir de domingo, dia 13, até o dia 24 de junho, Campo Grande e os outros 42 municípios incluindo Rio Brilhante com bandeira cinza terão de retomar o toque de recolher a partir de 20 horas. A venda de bebidas alcoólicas nestas regiões está permitida apenas no sistema delivery e a lista de serviços essências que estão liberados para funcionar inclui 51 atividades. Inclui supermercados, transporte coletivo, bancos, lotéricas e libera até igrejas e academias.
Nos outros 29 municípios com bandeira vermelha também estão liberadas “atividades não essências de baixo risco”, como restaurantes, comércio de bebidas e atividades esportivas.
Nas cidades classificadas em patamar laranja, além destas atividades também estão liberadas as atividades de “médio risco”, como bares, shoppings e feiras livres. São apenas 7 cidades nesse patamar.
No início da semana, Campo Grande – que já perdeu mais de 3 mil vidas para a covid-19 - havia recebido a classificação vermelha, mas o governo estadual revisou os parâmetros ontem e reenquadrou a Capital e os outros município.
A medida foi tomada porque todas as macrorregiões do Estado tem mais de 90% dos leitos ocupados. Diante do colapso Mato Grosso do Sul também passou a exportar pacientes para Rondônia e São Paulo por falta de leitos.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias