Sexta, 16 de Abril de 2021 07:06
67 99698-9354
23°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,74

Peso Arg.

R$ 0,06

Nova Alvorada do Sul Médico

População se revolta com suspensão de atendimento pediátrico no Postos de Saúde de Nova Alvorada do Sul

Reclamações ocorreram em páginas de facebook e grupos de WhatsApp

08/04/2021 21h21 Atualizada há 6 dias
1.585
Por: Redação
População se revolta com suspensão de atendimento pediátrico no Postos de Saúde de Nova Alvorada do Sul

A Secretaria de Saúde de Nova Alvorada do Sul, suspendeu o atendimento de médico Pediátrico nos Postos de Saúde desde o início de março, sem qualquer aviso a população. As reclamações surgiram quando mães procuraram agendar consultas Pediátricas nos Postos de Saúde e não conseguiram atendimento.

Segundo uma das mães a reclamar a desculpa seria que o atendimento estaria suspenso devido a pandemia, já outra mãe disse que seria questão financeira a suspensão dos atendimentos.

O que mais se chateia é a falta de comunicação dessa administração, custava postar na página deles que o atendimento está suspenso, fazem a gente sair cedo de casa com a criança e chegar lá não estar tendo atendimento, postam tanta besteira e o que é importante não comunicam a população. Disse uma mãe revoltada

Não tenho condições de pagar uma consulta particular, o preço mínimo é de $250 reais, se eu tiro esse valor de meu salário, deixamos de comer, mas como dizem se o atendimento pediátrico está suspenso devido a pandemia e o atendimento de clinico geral persiste, que dessem uma desculpa convincente e não uma qualquer. Disse uma mãe.

Outra reclamação é referente a exames que foram cancelados, inclusive os que já estavam agendados, foram cancelados sem qualquer comunicado aos pacientes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias