Sexta, 16 de Abril de 2021 07:19
67 99698-9354
23°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,74

Peso Arg.

R$ 0,06

Polícia Crime Barbaro

Justiça manda nesta quinta-feira a júri popular acusado de matar Joice Kelly a facadas em Nova Alvorada do Sul

Justiça iniciou nesta quinta-feira (08) o júri popular do acusado de matar Joice Kelly a facadas em Nova Alvorada do Sul

08/04/2021 15h17 Atualizada há 6 dias
2.614
Por: Redação
Justiça manda nesta quinta-feira a júri popular acusado de matar Joice Kelly a facadas em Nova Alvorada do Sul

Por Ronaldo Bueno

A Justiça de Mato Grosso do Sul mandou a júri popular nesta quinta-feira (08) Cezali Freitas da Silva, acusado de matar a facadas a enteada, Joice Kelly Ribas, na época com 17 anos, em Nova Alvorada do Sul.

A reportagem da Folha da Cidade MS, não conseguiu contato com a defesa de Cezali. A decisão de pronúncia que manda o réu a julgamento foi em março de 2020, quase cinco anos após o crime, ocorrido em 25 de janeiro de 2015. A demora no trâmite é porque o processo estava suspenso, devido a Cezali estar foragido, sendo reaberto com a prisão dele, em 2019.

O julgamento estava inicialmente marcado para 2020, mas, por conta da pandemia de Covid-19, foi suspenso, sendo remarcado para 2021.

 Crime

 Conforme divulgado na época pela polícia, o acusado chegou na casa da família embriagado, após uma pescaria, discutiu com a esposa e a adolescente interviu em favor da mãe.

Depois da discussão, o homem passou a colocar roupas dele no carro e a adolescente, do portão da casa, acenou tchau para o padrasto. Ele foi até à menina, a esfaqueou e fugiu deixando a caminhonete no local. Ela morreu no hospital.

Cezali Silva foi preso em Goiânia no dia 25 de abril de 2019. A polícia informou que ele permaneceu naquele estado sem documentos que pudessem identificá-lo e trabalhando na construção civil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias