Sexta, 16 de Abril de 2021 06:17
67 99698-9354
23°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,74

Peso Arg.

R$ 0,06

Mato Grosso do Sul Pode isso?

Secretário de MS zomba de pandemia usando calcinha como máscara

Vídeo foi considerado machista e desrespeitoso; secretário diz que foi brincadeira e está

25/03/2021 16h27 Atualizada há 3 semanas
1.291
Por: Redação
Secretário de MS zomba de pandemia usando calcinha como máscara

Vídeo do secretário de Infraestrutura, Obras e Serviços Públicos de Coxim, Wilson José dos Santos, 73 anos, causou polêmica na cidade, distante 255 quilômetros de Campo Grande. Ele aparece com calcinha no rosto, dizendo que é “novo sistema para evitar covid” e que se curou de vez com a máscara.

Em entrevista ao Campo Grande News, Santos diz que fez uma brincadeira com a esposa, dentro de casa e que “cada um interpreta do jeito que quiser” e que está “pouco se lixando”.

As imagens foram feitas pela esposa de Santos na semana passada, na casa deles, quando o secretário se recuperava da covid-19. Ele vai até a sala e diz para a esposa que está usando proteção contra a doença.

“Boa tarde, meu povo de Coxim! Esse é o novo sistema para evitar o covid. essa máscara aqui, quem tem coragem de usar, tem que usar 24h, tá, fica aí, ó, meu recado para nosso povo, para o Brasil, para o mundo todo. Moro aqui em Coxim, estou com problema do covid, mas graças a Deus, estou bem bom agora, comecei a usar essa máscara para dois dias para cá, mas, de vez, acabou tudo, tudo. (...) ó o recado aí para o povo do Brasil, tchau, Brasil”.

Enquanto filma, a mulher ri e fala que ele quer “furar o isolamento”, mostrando que ele está com a chave do carro na mão. 

O vídeo circulou entre primos e irmãos de Santos, mas logo saiu do âmbito familiar. Uma das pessoas que postou as imagens no Facebook foi a presidente do Coletivo Maria´s Coxinenses, Gleiycielli Nonato, que criticou o secretário, dizendo que o conteúdo foi sexista e machista, além de zombar da seriedade das medidas restritivas contra covid-19.

Gleycielli apagou o post depois, a pedido de familiar de Santos, justificando que a repercussão estava causando mal à saúde da filha dele, que está em tratamento contra covid.

“Apaguei, por consideração, mas não retiro o que disse, não poderia deixar de dar minha opinião, mostrar indignação, foi derespeito, além de tirar sarro das várias mortes que aconteceram em Coxim”, disse Gleycielli.

Em entrevista, o secretário disse que não se abalou com as críticias. “Eu fiz uma brincadeira com minha esposa, dentro de casa, jamais ia sair para fora isso”, disse. Santos conta que o vídeo foi feito no último dia de resguardo depois de ter se infectado pela covid e que estava “se liberando daquela situação”. A esposa mandou para primos e ele para os irmãos e acabou circulando na cidade.

“Eu sou consciente de tudo, mas eu sou essa pessoa, sou assim, se não tivesse feito, ia fazer”, afirmou o secretário, acrescentando que não quis fazer mal a ninguém, mas também está “pouco se lixando” para o que pensam. “Se tem 10 contra mim, tem outros 25 a favor”. Também disse que cada um tem direito de interpretar como quiser.

O secretário contou que, além dele, esposa, filhos e netos também foram infectados pela covid e, por isso, reconhece a seriedade do assunto. “Eu vou lá criticar uma situação dessa?”.

A reportagem não conseguiu contato com o prefeito de Coxim, Edilson Magro para falar sobre repercussão do vídeo.

Segundo último boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Coxim registra 1.904 casos da doença e 41 mortes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias