Sexta, 16 de Abril de 2021 07:26
67 99698-9354
24°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,74

Peso Arg.

R$ 0,06

Nova Alvorada do Sul Embargado

Vereadores cobram explicações do legislativo sobre andamento da regularização do loteamento Social Getúlio Barroso

Loteamento está embargado pela Justiça desde final do ano, contemplados aguardam decisão definitiva da justiça

19/03/2021 00h47 Atualizada há 3 semanas
1.145
Por: Redação
Vereadores cobram explicações do legislativo sobre andamento da regularização do loteamento Social Getúlio Barroso

Apresentado na Sessão Ordinária, o pedido para regularização do loteamento Wilson Cardoso e quais os objetivos já foram alcançados pelo jurídico do município para liberação dos lotes com máxima urgência.

Junto aos vereadores Israel Gomes, Rober Ojeda, Paulo Puffy e Sidcley Brasil, assinaram conjuntamente o requerimento.

Nas justificativas, os nobres pares disseram que as informações repassadas ao legislativo são superficiais, e que se precisa de informações reais para que seja passada a população, é sabido que muitas famílias investiram tudo o que possuíam e algumas até empréstimos realizaram para poderem construir nos lotes sua casa própria, precisamos deixar essas pessoas informadas da real situação que se encontra o embargo e quais soluções estão sendo tomadas.

O loteamento se encontra embargado, devido não possui autorização do INCRA e existem ausências de certidões de viabilidade de atendimento, razões estas que os pares requerem saber que medidas serão tomadas por parte da administração para resolver os problemas da população que está com suas obras paradas e sem poder dar continuidade à tão sonhada casa própria.

Nossa reportagem conversou com os vereadores, e foi informado que cada um tem que fazer sua parte, o executivo precisa providenciar as documentações e o ordenamento das ruas, a Sanesul precisa providenciar o abastecimento de água e a Energisa instalar a rede de energia elétrica, feito isso o Ministério Público irá vir e emitir seu parecer, feito isso cabe ao Judiciário decidir sobre a liberação ou não. Não existe milagre a ser feito, basta cada um fazer a sua parte e teremos um bom resultado. Finaliza o vereador

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias