Quarta, 05 de Agosto de 2020 22:04
67 99698-9354
19°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,29

Euro

R$ 6,28

Peso Arg.

R$ 0,07

Polícia Sequestrada

Sequestrada na terça-feira, Carla é deixada morta na esquina de casa

Corpo foi encontrado em frente a uma conveniência

03/07/2020 10h16
1.244
Por: Redação
Sequestrada na terça-feira, Carla é deixada morta na esquina de casa

O corpo de Carla Santana Magalhães, de 25 anos, que foi sequestrada na noite de terça-feira (30), quando voltava do mercado, foi encontrado em frente de uma conveniência, na esquina de sua casa de onde foi levada, nesta sexta-feira (3), no bairro Tiradentes.

O corpo de Carla foi encontrado por um tio e um primo que saiam para trabalhar. A jovem foi deixada nua e com sinais de esganadura em frente a uma conveniência, que fica na esquina da casa da família.

Carla foi sequestrada na terça-feira. Para trás, ficaram a máscara que Carla usava, o celular e os chinelos da jovem. Ela teria gritado que estava sendo sequestrada antes de ser levada. A mãe da jovem estava assistindo televisão quando ouviu os gritos e ao sair, Carla já tinha sido levada. “Peço para quem pegou a minha filha devolver”, disse a mãe da jovem, na última quarta-feira (1º).

Segundo uma amiga de Carla, em 2018 a jovem teria se relacionado com um homem de 56 anos sendo que neste ano, o homem voltou a procurar Carla querendo reatar o relacionamento, mas ela não queria reatar porque estava trocando mensagens com um fotógrafo.

As mensagens estavam sendo trocadas há cerca de 2 meses, segundo a amiga, mas eles ainda não tinham marcado nenhum encontro amoroso. Esse ex-namorado foi ouvido pela polícia em depoimento na quinta-feira (2).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias