Sábado, 08 de Agosto de 2020 07:46
67 99698-9354
20°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,41

Euro

R$ 6,4

Peso Arg.

R$ 0,07

Mato Grosso do Sul Solidariedade

Menina com paralisia cerebral pode estar cega e precisa arrecadar R$ 6 mil para exames

Criança precisa de uma consulta com oftalmologista e fazer exames para tratar consequências de paralisia cerebral

01/07/2020 08h50 Atualizada há 1 mês
2.139
Por: Redação
Menina com paralisia cerebral pode estar cega e precisa arrecadar R$ 6 mil para exames

“Ela tinha crises convulsivas, ficou até os sete meses internada. Depois ela ganhou alta, mas, um mês depois, teve uma infecção e foi internada às pressas. Ela fez uma cirurgia no intestino que se chama laparatomia exploradora, onde tira e coloca o intestino para fora para ver onde está o problema. Ela fez a retirada do apêndice”, relembra a avó.

A criança foi diagnosticada com paralisia cerebral e precisa fazer vários exames. A avó afirma que está preocupada com a visão da criança, já que ela escuta vozes e fica procurando, sem focar o olhar. “Nossa preocupação maior é a vista dela, temos impressão que ela não enxerga. Ela fica procurando onde está quem fala. Ouvir, ela escuta bem, mas essa questão do olho nos preocupa”.

A família lançou uma vaquinha on-line há 20 dias, com objetivo de arrecadar R$ 6 mil, mas até agora as doações alcançaram apenas R$ 636.

“Minha neta tem que fazer uma ressonância e tem um quadro de Hipotonia congênita e atraso no DNPM. Ela apresentou AVC e necessita de uma complementação diagnóstica. Ela tem crises convulsivas com uso contínuo de FNB e necessita de acompanhamentos multiprofissionais por conta da paralisia cerebral. Estamos fazendo essa vaquinha para arrecadar o valor para realizarmos os exames que a Julinha precisa, e também o exame que falta para confirmar o diagnóstico da síndrome DiGeorge”, diz a avó.

Clique aqui e ajude a Julinha

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-julinha-em-seu-tratamento-falta-pouco

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias