Quinta, 09 de Julho de 2020 19:39
67 99698-9354
17°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Dólar com.

R$ 5,34

Euro

R$ 6,03

Peso Arg.

R$ 0,08

Anúncio
Politica Nacional Rodrigo

Rodrigo Maia rompe relação com líder do Governo na Câmara

Rodrigo Maia rompe relação com líder do Governo na Câmara

21/05/2019 19h41 Atualizada há 1 ano
9
Por: Redação
Rodrigo Maia rompe relação com líder do Governo na Câmara
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou, na tarde desta terça-feira (21), que rompeu com o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO). Postagem de Vitor Hugo nas redes sociais, que dá a entender que deputados negociam votos por dinheiro, foi a ''gota d'água'' na conturbada relação dos dois parlamentares. No momento do anúncio, Hugo deixava o plenário ao lado do vice-presidente da Casa, Marcos Pereira (PRB-SP). Vitor Hugo disse que se explicaria com Maia após a conversa. As críticas de Maia a Vitor Hugo não são recentes. Em entrevista ao Buzzfeed News, ele afirmou que o deputado “dava até dó”. Diversas bancadas na Câmara cobram a saída de Vitor Hugo do posto. Figuras próximas a Jair Bolsonaro afirmam que o presidente já se deu conta da necessidade de substituí-lo do posto, mas gostaria que Vitor Hugo pedisse demissão. O líder, contudo, não demonstra intenção de fazê-lo. Por outro lado, opositores de Bolsonaro e integrantes do Centrão acreditam que o presidente está de acordo com a política adotada por Vitor Hugo de também criticar a chamada “velha política”. Ao Poder360, Vitor Hugo disse que a situação “é contornável”. Além de anunciar seu rompimento com Major Vitor Hugo, Rodrigo Maia defendeu acabar com a permissão para presidentes da República legislarem por meio de MPs. O presidente da Câmara comentou que alguns deputados defendem apenas limitar a edição de MPs, mas ele é a favor de eliminar de vez o instrumento.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias